fbfbfb
fb+351 253 421 246
search
Guimarães NOC NOC 9
27 de setembro de 2019, 16:54
284 Desde 2011 que o «Guimarães noc noc» dedica-se à promoção das artes e artistas fazendo assim parte do percurso cultural da cidade, por esse motivo e, como já vem sendo habitual, o Arquivo Municipal Alfredo Pimenta associa-se ao evento e irá abrir as suas portas no dia 5 e 6 de outubro, entre 15h30 e as 18h30 (sábado e domingo).

Atividades que poderá ver no AMAP:

Exposição: "SARRABISCOS" por Ana Viamonte
A fashion collection with all the creative process involved.

Hora do conto: Acrescento um Conto (atividade inserida no mini noc-noc)
Um momento de leitura da história "Guimarães quando Eu for Grande", criada no âmbito de uma atividade com o mesmo nome, desenvolvida pelo Projeto Porta 7 E7G, projeto de intervenção social promovido pela Fraterna, Centro Comunitário de Solidariedade e Integração Social e financiado pelo Programa Escolhas. Os 31 alunos do 1º ciclo da Escola EB1/JI Nossa Senhora da Conceição são autores deste livro que, através das peripécias da pequena Ana, personagem principal da história, imagina o futuro de algumas tradições vimaranenses, nomeadamente das “Nicolinas”, “Bordados e Olaria” e “Doces Tradicionais”.
Data: 5 de outubro, pelas 16h00.

Exposição: Indústria têxtil de Guimarães: do sistema antigo ao advento das máquinas
A exposição Indústria Têxtil de Guimarães: do “sistema antigo ao advento das máquinas” tem como ponto de partida a coleção documental da Fábrica do Castanheiro (1885-2013) e desenvolve uma leitura em torno dos principais acontecimentos, personalidades e fábricas têxteis que estiveram no centro de um movimento industrial transformador do século XIX (Fábrica dos Castanheiro, Fábrica do Moinho do Buraco, Companhia de Fiação e Tecidos de Guimarães). Documentos, objetos e imagens compõem a narrativa de uma industrialização tardia que despertou com a mecanização e a eletrificação, definindo, para sempre, o perfil industrial de Guimarães.


Entrada gratuita